Entrevista de Everaldo da Paz

Juntos podemos vencer qualquer obstáculo

Nascido em Rondonópolis, o produtor rural Everaldo Sampaio da Paz tem muita história para contar quando o assunto é superação de obstáculos e vitórias. A vida dele sempre foi no campo e recheada de adversidades, o que o fez desenvolver uma habilidade para lidar com problemas sem esmorecer e buscar alternativas para vencê-los. Aos 14 anos, Everaldo não queria mais ficar no sítio da família, em Carlinda, e voltou para Rondonópolis, onde trabalhou em uma fábrica de móveis e chegou a ser promovido.

Pouco tempo depois, Everaldo deixou a empresa e voltou a Carlinda para ajudar o pai no sítio. Paralelo às atividades no sítio, trabalhou em uma marcenaria. Foi nesse período que conheceu Sheila. Em quatro meses de namoro ela engravidou e os dois decidiram morar juntos. Pouco tempo após o nascimento da primeira filha, a esposa engravidou novamente, e a diferença de idade entre elas filhas é de aproximadamente um ano. Com duas crianças pequenas - Maria Eduarda e Camila -, e ainda começando a trabalhar na terra, ele não tinha condições nem de comprar leite suficiente para alimentar as filhas.

“Lembro que ia na fazenda vizinha comprar leite. Comprava um litro e meio e misturava mais meio litro de água para dar às meninas. O vizinho produzia bem e poderia até vender mais barato para nós, no entanto, não fazia isso. Quando eu queria um pouco mais de leite tinha que trocar por serviço, então eu acordava às 3 horas da madrugada para ajudá-lo a tirar o leite das vacas. Por esse serviço ele me dava meio ou um litro de leite a mais”, conta Everaldo ao comentar que, posteriormente, com muita dedicação e trabalho conseguiu dinheiro suficiente para ampliar a propriedade comprando a parte do irmão e inclusive uma parte da fazenda do vizinho. “Hoje, se alguém vem me pedir leite eu dou, não vendo, porque sei como é difícil precisar e não ter ninguém para te ajudar”.

“Juntos, enfrentamos situações complicadas, difíceis financeiramente. E ela era muito jovem quando nos casamos e mesmo assim não desistiu, sempre esteve ao meu lado”

Associado do Sicredi há cerca de 10 anos, foi nesse período que Everaldo experimentou a prosperidade no sítio. Ele conta que a instituição financeira cooperativa o orientou para a tomada de crédito e contratação de consórcios, responsáveis hoje pela conquista do carro, moto e trator e que ajudou também a organizar o projeto de expansão da área, que conta hoje com 27 hectares faltando uma parte ainda para ser escriturada. Tem uma casa confortável com ar condicionado, computador e internet para as filhas, tudo o que não teve quando criança ou na adolescência. As filhas têm oportunidade de estudar e de serem alguém no futuro.

Atualmente, Everaldo tem 200 cabeças de gado, sendo que 160 são vacas leiteiras. Ele e a esposa acordam todos os dias antes do sol nascer e tiram de 380 a 400 litros diariamente, produção que é entregue a um laticínio localizado em Nova Canaã. Com a reprodução dos animais, ele acaba vendendo os bezerros a um preço menor do que poderia e para aumentar a rentabilidade pretende investir em criação em cocho ou confinamento para melhorar a negociação.

Diante de toda a trajetória, marcada por dificuldade e agora tranquilidade, Everaldo se considera um vencedor, pois não tinha nada e hoje, além do sítio, tem duas casas alugadas em Carlinda e um terreno em Alta Floresta, onde pretende construir um imóvel também para locação. Sempre inquieto com a situação, ele não descarta a possibilidade de sair de Carlinda em busca de terras mais baratas para aumentar o patrimônio. Independente do lugar, juntos, Everaldo, a mulher e as filhas ainda irão muito longe.